PERSPECTIVAS

 


Não há muitas alternativas. Quando a primeira impressão é ruim, raramente há uma segunda.

Se isso é inquestionável e vale para muitas atividades, na Internet é essencial. E é exatamente ai que não podemos e não temos o direito de cometer erros primários; realmente, tentar resgatar os antigos e majestosos Almanaques, leitura obrigatória de milhares de pessoas em todo o mundo, convenhamos, não será tarefa das mais fáceis, mesmo tendo hoje em dia recursos extraordinários. Todavia, com a ajuda de todos vocês, com absoluta certeza triunfaremos. E, para não perdermos um só minuto, como dizem por aí, "para adoçar a pílula", ou melhor, para irmos aquecendo o espírito, "garimpamos" um questionário, extraído da revista Seleções do Reader's Digest, de agosto de 1944, na época com a incrível tiragem mundial de 10.918.000 exemplares, em cinco idiomas.

Para melhor entendermos o teor do artigo, não devemos negligenciar que na época, o rádio estava num crescente espetacular, despertando nas pessoas um fascínio transcendental, poucas vezes visto, mesmo  se considerarmos o momento atual, sustentados pela informática, e, pela maravilhosa WEB.

Rádio- Enigmas do mês

 

As Perguntas, que abaixo se vêem, foram adaptadas para os nossos leitores dentre as mais interessantes, no gênero, que surgem nos programas do rádio americano. Cada resposta correta vale 10 pontos. Quem conseguir 70 ou mais, pode considerar-se bem sabido; 60 já é excepcional; 50, acima da média. Respostas mais abaixo

1 Se uma pessoa está de pé num trem em movimento, e este para repentinamente, qual é a tendência do passageiro: cair para a frente ou para trás?
2 Das sete pessoas, cujos apelidos damos abaixo, identifique cinco: (1) O Chanceler de Ferro; (2) O Libertador; (3) O Patriarca; (4) A Divina Sara; (5) O Duque de Ferro; (6) A Redentora; (7) O Pequeno Cabo.
3 É verdade que o leite coalha quando há trovoada?
4 Se um recém-nascido pesa quatro quilos no primeiro dia de vida, qual dos seguintes pesos é normal, para a mesma criança no seu primeiro aniversário: 8, 12 ou 16 quilos?
5 Porque é que o cupim voa em direção à chama de uma vela?
6 Quantos filhos tem o presidente Roosevelt?
7 A água escorre pelo ralo mais depressa se a pessoa ficar dentro ou fora da banheira?
8 Porque é que, num bule de chá, o bico fica mais abaixo, e numa cafeteira, mais acima?
9 Se um dormente é uma travessa em que assentam trilhos, que é um mordente?
10 Cite cinco países do Hemisfério Ocidental cujos nomes começam com C.

 

RESPOSTAS

 

1 Para a frente. Quando o trem para, o corpo do passageiro tende a continuar o movimento em que ia o veículo antes da parada.
2 (1) Bismark; (2) Simon Bolivar; (3) José Bonifácio de Andrada e Silva; (4) Sara Bernhardt; (5) O Duque de Wellington; (6) Princesa Isabel, do Brasil; (7) Napoleão Bonaparte.
3 Não é verdade. O que sucede é que o tempo quente e úmido, que favorece as tempestades de trovoada, também facilita o crescimento de bactérias que faz com que coalhe o leite. A tempestade propriamente dita é inteiramente inocente.
4 Para essa criança, ao fazer um ano, o peso normal é 12 quilos, isto é, três vezes o que pesava ao nascer.
5 Porque não o pode evitar. Havendo luz forte a um lado do cupim, a metade do seu cérebro desse lado e os nervos que controlam os músculos da asa também desse lado acham-se sob a influência direta da chama. Assim, os movimentos da asa nesse lado se enfraquecem e o cupim dirige-se à chama, incapaz de coibir esse movimento.
6 Cinco: James, Elliott, Franklin Delano Junior, John e Anna Eleanor.
7 A água escorrerá mais depressa se a pessoa ficar no banheiro, porque o corpo aumenta a pressão da água.
8 As folhas do chá sobem, enquanto o pó do café permanece no fundo do bule. E os bicos são colocados de maneira que saia do bule a menor quantidade possível de folhinhas ou de pó.
9 Mordente é um ornamento musical, constituído por três sons: o da nota principal, o da nota imediatamente acima e o da nota principal repetida, executadas com rapidez.
10 Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba.

Tenham todos um bom entretenimento!


Voltar